top of page

Em protesto irônico com festa e bolo, moradores ‘celebram’ 1 ano de buraco em rodovia

Moradores fizeram uma “festa de aniversário” com bolo e música para um buraco na SC-477 em Doutor Pedrinho, no Vale do Itajaí em Santa Catarina. Eles afirmam que a cratera se abriu em dezembro de 2022 […]


Moradores fizeram uma “festa de aniversário” com bolo e música para um buraco na SC-477 em Doutor Pedrinho, no Vale do Itajaí em Santa Catarina. Eles afirmam que a cratera se abriu em dezembro de 2022 por causa de fortes chuvas e pedem que o conserto seja feito.


A Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade disse me nota que os trabalhos de reparo devem começar “no primeiro trimestre do próximo ano” (veja nota na íntegra abaixo).



O buraco se formou em 5 de dezembro de 2022 após o asfalto ceder, na altura do km 156. Segundo os moradores, a prefeitura fez um desvio de estrada de terra.


Asfalto cede com fortes chuvas em Doutor Pedrinho em 5 de dezembro de 2022 — Foto: PMRv/Divulgação

Asfalto cede com fortes chuvas em Doutor Pedrinho em 5 de dezembro de 2022 — Foto: PMRv/Divulgação


O protesto foi feito no domingo (3) e pretende chamar atenção para a necessidade urgente de reconstrução do asfalto, que afeta a mobilidade de quem mora ou visita a região.


Na “festa de aniversário”, um gaiteiro fez versos sobre a situação da cratera e os moradores presentes cantaram parabéns e levaram bolo.




Bolo de aniversário de cratera na SC-477 em Doutor Pedrinho, SC — Foto: Pamella Siegel/Arquivo pessoal


O que diz a Secretaria de Estado da Infraestrutura

Confira abaixo a nota na íntegra da Secretaria de Estado da Infraestrutura:


A Secretaria da Infraestrutura e Mobilidade (SIE) informa que o edital para a escolha da empresa que fará a obra no trecho citado na SC-477, na região de Doutor Pedrinho, está finalizado e deve ser publicado nos próximos dias.


O valor orçado é de R$ 24,1 milhões. Se todo o processo burocrático transcorrer sem intercorrências, os trabalhos devem iniciar ainda no primeiro trimestre do próximo ano.


Importante frisar que, em 2022, a Defesa Civil emitiu parecer acerca da inexistência de emergência na realização da obra, o que torna os prazos para a elaboração da contratação mais elásticos.

bottom of page